Informativo Corona Vírus Covid 19
Fale com o WhatsApp do redenovo
Sagrado Rede de Educação / Notícias / Família na escola: o projeto educacional continua em casa

Família na escola: o projeto educacional continua em casa

Email Facebook LinkedIn Print Twitter 02 de Março de 2020

Lições de casa, trabalhos em grupos, provas e muitos outros desafios… Assim que a criança entra na escola, todas essas atividades passam a fazer parte da rotina dela e a inclusão da família na escola faz grande diferença quando se trata do processo de aprendizagem.

De um lado, é trabalhado o protagonismo do aluno para a resolução de seus próprios problemas; de outro, o compartilhamento de experiências e dificuldades do dia a dia com pais e responsáveis favorece, e muito, na educação.

Primeiramente, é importante lembrar que todas as relações sociais, os comportamentos e o interesse nos estudos vêm das experiências vividas em casa, junto aos ensinamentos dos familiares. E é aí que começa a participação dos pais no projeto educacional.

O texto de hoje irá mostrar a você todas as oportunidades que a parceria família-escola oferece ao processo de aprendizagem. Dessa forma, aqui, você vai encontrar:

  • Os benefícios de incluir a família na escola;
  • Como participar das atividades escolares dentro de casa;
  • Porque fortalecer a relação entre a família e a escola.

Benefícios de incluir a família na escola

Acompanhar o crescimento dos filhos, envolvendo-se em suas atividades escolares não deve ser algo artificial; o momento de troca de experiências necessita de cuidados para não se tornar invasivo ou acabar desestimulando a criança. Essa assistência, além de influenciar na obtenção de novos conhecimentos, também contribui no comportamento e habilidades socioemocionais do aluno, minimizando as chances de problemas disciplinares.

A participação da família na escola inicia com uma boa comunicação, tanto entre os pais com o colégio, quanto entre eles e seus filhos.

Interagir com os profissionais da unidade educacional traz para perto a percepção dos resultados ou dificuldades da criança, favorecendo o auxílio oferecido em casa. Através disso, você, pai, mãe ou responsável, também poderá receber orientações sobre como melhorar essa relação e definir objetivos junto à escola. Por isso, o ideal é não só comparecer às reuniões de pais, mas acompanhar o comportamento — frustrações e conquistas — por meio de conversas com os educadores e até com seus próprios filhos. 

Essa relação com a criança se dá a partir da demonstração de interesse do responsável nas atividades educativas, estimulando, valorizando, ensinando e discutindo os conteúdos vistos em sala de aula.

Ao perceber o interesse dos pais em seus estudos e experiências, o aluno desenvolve maior confiança e autoestima, aumentando sua dedicação aos desafios escolares. 

Como participar das atividades escolares dentro de casa

Independentemente da sua área de atuação ou das matérias que você mais gostava no colégio, é importante participar do ensino como um todo. Mesmo que você tenha dificuldades com o conteúdo, mostre-se engajado e procure ajudar o máximo possível.

Ter interesse pela rotina da criança também é uma ótima forma de criar esse vínculo. Pergunte sobre as atividades extracurriculares, amigos e professores. Passeios e discussões podem fazer parte dessa interação: realize visitas a parques, museus, bibliotecas e crie debates sobre assuntos da atualidade, livros e notícias. 

Para melhorar os estudos, estabeleça bons hábitos, como horários fixos para os deveres, tranquilidade para realizar as tarefas, priorização de atividades de valor educativo e etc.

Quando este acompanhamento é feito dentro de casa, os pais têm a possibilidade de identificar alguma dificuldade na escola e buscar uma ajuda externa, caso seja necessário. Por isso, é importante observar se a lição está sendo feita corretamente e todos os dias, não se esquecendo de elogiar o esforço e estimular o aprendizado.

Porque fortalecer a relação entre a família e a escola

Atualmente, a tecnologia tem ajudado na participação da família na escola, aproximando o relacionamento e facilitando o contato com os diferentes colaboradores. Aplicativos escolares são um exemplo disso; muitos colégios já aderiram essa inovação e disponibilizam comunicados, agendas, informativos e até relatórios do que ocorreu no dia do aluno, para que os pais consigam acessar, na palma da mão, todo o desempenho de seus filhos e estabelecer conversas sobre os conteúdos vistos em sala de aula. 

Pais e responsáveis participativos influenciam diretamente no comportamento da criança, pois é dessa forma que ela percebe o interesse do adulto e vê que a escola tem importância.

Por isso, a continuidade da relação família e escola promove soluções rápidas e aumenta os resultados do aluno, sendo através do incentivo dos familiares e das atividades promovidas externamente que ele consegue atingir a excelência, tornando o aprendizado algo natural e agradável.

Continue acompanhando os conteúdos em nossas redes sociais e receba mais dicas: http://linktr.ee/sagrado