Agende uma visita no sagrado-coracao-sao-paulo
Gerar Boleto
Fale com o WhatsApp do sagrado-coracao-sao-paulo

Ensino Fundamental

Anos Finais
Sagrado Rede de Educação / Unidades Educacionais / Colégio Sagrado Coração de Jesus - São Paulo/SP / Ensino Fundamental Anos Finais

PROTAGONISMO

No Ensino Fundamental - Anos Finais (6º ao 9º ano), a Proposta Pedagógica define sua intencionalidade educativa na formação de alunos protagonistas, proporcionando-lhes projetos, práticas educativas e ambientes favoráveis ao desenvolvimento contínuo e crescente da autonomia, tanto para a administração dos seus próprios estudos, nas diferentes áreas do conhecimento numa abordagem interdisciplinar, quanto para a sua atuação em sociedade e para a construção do seu projeto de vida.

Cientes do perfil dos educandos, cada vez mais conectados com o mundo, a tecnologia e a cultura digital permeiam o currículo escolar e as propostas didático-metodológicas, como estratégias de mediação, ampliação, consolidação e conexão do conhecimento e das interações que se estabelecem entre eles

Atividades Extracurriculares

•    Sagrado Sport School: Natação – Judô – Futsal – Vôlei - Basquete – Jazz - Ginástica Artística – Música
•    CEL.LEP (Escola de Inglês)

Atividades Complementares

•    Encontro de Vida
•    Estudo do Meio
•    Recuperação Paralela
•    Mostra Cultural
•    Olimpíada Esportiva Interna
•    Concurso de Redação
•    Desafios do Conhecimento
•    Aulas Eletivas
•    Monitoria
•    Provões
•    Páscoa Jovem
•    EASC (Encontro de Alunos do Sagrado Coração)
•    Projetos de Ação Social
•    Top Acadêmico e Top Arte
•    Quiz
•    Cine Humanas
•    Projeto Integração ( 5º com 6º ano e 9º ano com 1ª série EM)

Eventos Pedagógicos e Institucionais

•    Acolhida aos alunos e novas famílias no início do ano
•    Festa Junina
•    Palestras para pais e comunidade escolar
•    Celebrações e comemorações (Semana do Sagrado, Dia do Estudante, Semana da Criança)
•    Solenidades de Encerramento de Curso
•    Festividade do Primeiro Livro
•    Olimpíada Esportiva Interna
•    Olimpíada Esportiva Madre Clélia (OEMC)
•    Mostras Culturais
•    DIP (Dia de Informação Profissional)
•    Projeto de Educação e Cultura (PEC)
•    Dia de Ação de Graças
•    Encontro Regional da Família Cleliana

Diferenciais

Avaliação Diagnóstica Somos

A Prova Brasil, como é conhecida a Anresc (Avaliação Nacional do Rendimento Escolar), é um dos principais meios para medir a qualidade da Educação Básica no País.

Dela, participam alunos de escolas (municipais, estaduais e federais) da Rede Pública de Ensino, no quinto e nono ano do Ensino Fundamental. Os estudantes respondem questões de Língua Portuguesa, com foco na leitura, e de Matemática, com foco na resolução de problemas. Além de um questionário socioeconômico sobre fatores que podem ser associados ao desempenho na avaliação.

Professores e diretores também respondem a questionários de dados demográficos, perfil profissional e condições de trabalho.

Os resultados são mensurados segundo a Matriz de Referência de Avaliação do Inep, que determina as competências e habilidades que os alunos devem desenvolver, conforme a etapa do ensino. Assim, o Ministério da Educação (MEC) consegue identificar pontos de dificuldade nas Redes de Ensino.

Com os resultados da Prova Brasil, que compõe o Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB), as secretarias municipais, estaduais e o MEC desenvolvem políticas e os Municípios recebem investimentos financeiros governamentais para melhoria da qualidade da Educação Básica.

A partir deste perfil de avaliação externa, a Somos, uma holding de editoras de nossos livros didáticos, oferece à Rede Sagrado, uma Avaliação Diagnóstica formatada e corrigida de acordo com o mesmo perfil da Prova Brasil, o que nos oferece uma referência externa significativa quanto à análise comparativa dos nossos resultados e das escolas participantes desta avaliação.

Canguru Sem Fronteiras

Esta avaliação externa tem o objetivo de estimular o raciocínio de nossos alunos e desenvolver suas capacidades na resolução de problemas matemáticos.

É um evento Internacional de Matemática — inspirado em um semelhante da Austrália (originando o nome) — que  foi criado em 1991, na França, com enorme sucesso e atraindo a atenção dos países vizinhos. Este Projeto foi então iniciado em 1995, em Paris, a partir de uma associação de membros representantes de 10 países, dentre eles Espanha, França, Grã-Bretanha, Hungria, Itália, Polônia, Rússia e Eslovênia. Atualmente, a associação conta com representantes de 42 países e mais de 5 milhões de participantes em todo o mundo.

A prova possui níveis diferenciados de acordo as séries escolares, contendo testes objetivos, com cinco alternativas, e questões em ordem de dificuldade crescente (primeiro terço da prova, questões fáceis; segundo terço, médias e terceiro terço, mais difíceis). As questões são problemas criativos e recreativos e, em uma boa parte da prova, acessíveis à maioria dos estudantes. As provas são elaboradas por uma equipe internacional de professores e matemáticos.

Cultura de Inovação em parceria com Nave à Vela

“Podemos entender a Cultura de Inovação como a capacidade do estudante de problematizar determinado contexto e usar tecnologias de forma criativa. Assim, fica tangível que os alunos transformem suas ideias em inventos com potencial de agregar valor para alguém e cujas reproduções sejam viáveis no mundo real.

Além das competências ligadas à inovação, que estimulamos por meio do nosso Currículo, a fim de formar alunos com uma atitude de inovação, desenvolvemos competências socioemocionais, como colaboração, autonomia e empatia, a partir do uso de tecnologias para a resolução criativa de problemas e realização de projetos.

O Currículo de Cultura de Inovação está estruturado em diferentes eixos temáticos por semestre — ancorados em temas priorizados na Base Nacional Comum Curricular. Em cada semestre, os estudantes desenvolvem um projeto, que consiste em um desafio que envolve maior nível de autoria dos estudantes no processo de criação.”

Será oferecido para alunos do 9º ano e Ensino Médio, em julho, o Programa de Intercâmbio “SAGRADO e VOCÊ voando mais longe”.

Para participar, procure o Coordenador do Segmento e confira toda a programação e critérios para adesão.

Vejam os benefícios que essa experiência proporcionará ao aluno.

Saiba mais

Cel.Lep

Um futuro cada vez melhor e com menos fronteiras.

"Nossa tradição é a inovação". Desde a sua fundação, o Cel.Lep investe em tecnologia para proporcionar aos seus alunos a melhor e mais completa experiência em aprendizado.

Décadas atrás, seu fundador, o professor Walter Toledo Silva, pesquisou e visitou diversas instituições de ensino na Europa para ser o pioneiro a trazer, ao Brasil, o laboratório de áudio-comparação, uma das primeiras tecnologias usadas para a prática individual da fala e da conversação de diferentes idiomas.

Da gravação à internet, passando pela fita cassete, VHS e por muitos outros métodos, a tecnologia sempre foi parte importante do jeito Cel.Lep. Um método híbrido de ensino de idiomas, que mistura a experiência coletiva da sala de aula e a prática em laboratório com conteúdos e métodos modernos e exclusivos para treinamento individual.

A Educação Financeira é uma frente de aprendizagem transversal que contribui com a mudança da qualidade de vida de todos os envolvidos no processo ensino e aprendizagem. Constitui-se em uma ferramenta importante para contribuir com o planejamento e a realização de projetos pessoais e coletivos. É, ainda, uma ferramenta que possibilita a leitura da realidade, do planejamento de vida e da realização pessoal.

Dentro da abordagem da BNCC, é uma frente de trabalho que favorece a construção de um conhecimento financeiro-econômico de forma compartilhada e coletiva.

Será uma proposta que pretende desenvolver um processo de descoberta das potencialidades, limites e desejos pessoais do aluno num processo de autoconhecimento. Trata-se de um projeto que possibilita a cada pessoa, em seu percurso, traçar um planejamento para atingir objetivos, estabelecendo rotas intencionais.

No desenvolvimento do Projeto de Vida, o aluno será estimulado a desenvolver suas competências socioemocionais, tendo em vista o alcance de seus propósitos pessoais. O componente Projeto de Vida deseja ser um espaço para desenvolver o percurso entre “quem eu sou” e “quem eu quero ser”.

Esperamos que este componente permita potencializar o protagonismo dos estudantes e contribuir para uma formação autônoma, solidária e competente. O Projeto de Vida está contextualizado na competência 6 da BNCC: “Valorizar a diversidade de saberes e vivências culturais e apropriar-se de conhecimento e experiências que possibilitem entender as relações próprias do mundo do trabalho e fazer escolhas alinhadas ao exercício da cidadania e ao seu Projeto de Vida, com liberdade autônoma, consciência crítica e responsabilidade.”